quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Em pronunciamento, deputado Kelps diz que Governo Federal usou Petrobras contra o RN

O deputado Kelps Lima fez pronunciamento na Assembleia Legislativa revelando a maldade que os controladores da Petrobras, em especial a presidência da República, fizeram com o Rio Grande do Norte e contra o Brasil. “Eles gastaram R$ 2,7 com as refinarias do Maranhão e no Ceará, abandonaram as obras porque elas são inviáveis e no balanço do ano passado da Petrobrás, inclusive, já publicaram que esse dinheiro foi jogado fora. Perdido. 

Enquanto isso, a nossa refinaria potiguar, a Clara Camarão, em Guamaré, está operando desde 2009, gerando riquezas e insumos para o RN e para o Brasil e, mesmo assim, ela não foi ampliada e otimizada porque o governo brasileiro decidiu que seria melhor gastar muito mais recursos em outras três refinarias, em Pernambuco, Ceará e Maranhão, do que melhorar o que já era certo e lucrativo. Sob todos os aspectos, foi cometido um crime contra a economia do Rio Grande do Norte e a economia do Brasil.

A refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, que tinha um custo inicial de R$ 2 bilhões, passou para 20 bilhões e já existe a previsão que precisa de mais 10 bilhões para ser concluída. Ela não dará lucro. Nunca. Por mais que opere, não vai tirar o investimento que já foi feito. 

Quer dizer, esses três projetos se mostraram economicamente inviáveis. 

Enquanto isso, a nossa Clara Camarão, mostra-se viável, tanto que não foi abandonada como as outras. A negligência com a Clara Camarão em prol de outros três projetos altamente onerosos foi uma decisão política do Governo Federal, com vistas às eleições aqui no Nordeste, sem nenhum critério técnico.

Essas decisões políticas erradas abriram a janela para a corrupção que agora a gente vê nos jornais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário