domingo, 20 de julho de 2014

“É lamentável chegar ao ponto que chegou”, disse a vereadora Lucinha sobre o atual momento na Câmara

Ao comentar o atual momento na Câmara de Vereadores de Santo Antônio em entrevista concedida ao blog Os Amigos da Onça, a vereadora Lucinha (SDD), líder da bancada de oposição, atribuiu à questão do descumprimento do Regimento Interno como o motivo para as divergências e discussões intensas entre os parlamentares no Legislativo Municipal. Ela ainda citou o autoritarismo do atual presidente e a falta de consenso como fatores que têm ocasionado esses conflitos que vêm acontecendo rotineiramente na Casa Legislativa.

Segundo Lucinha, esses problemas poderiam ser evitados se o presidente ouvisse todos os vereadores a fim de chegar a um acordo e encontrar uma solução para resolver as indiferenças, buscando manter uma relação de harmonia, interação e respeito na Casa e com a população. “A função do presidente é presidir, e não decretar. Não estamos na ditadura. É lamentável chegar ao ponto que chegou”, declarou a parlamentar.

Sobre a decisão do presidente de cancelar a eleição da mesa diretora, Lucinha respondeu: “Acredito eu que foi uma ação impensada e de muita infantilidade porque se tivesse sido o contrário, a situação tivesse seis vereadores e elegido o vereador deles, hoje estava tudo normal. Como a oposição hoje tem a maioria e a eleição foi feita dentro da legalidade, eles não estão aceitando. É lamentável e só tenho a lamentar!” A vereadora acrescentou que, se vier acontecer uma nova eleição, os seis vereadores da oposição permanecerão unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário